Monique Badaró, SENAC Bahia

Alguns produtos estão retomando a tradição de sua fabricação artesanal, em menor escala e com matéria-prima e ingredientes naturais. Assim, observa-se o emprego de várias técnicas artesanais de preparo, a exemplo da fermentação e da defumação.

A fermentação natural tem sido empregada na fabricação de pães, massas para pizza, bolos, queijos, iogurtes etc. Há também as bebidas artesanais, com fermentação natural, tais como cervejas, kombucha (chá fermentado) e kefir (iogurte fermentado). O chef baiano Fabrício Lemos, dos restaurantes Origem e Ori, utiliza o kefir para compor várias de suas preparações, como  o taco com ragu de bode, biribiri, repolho e broto de coentro.

A defumação, que é uma técnica ancestral de cocção utilizada para conservar alimentos, passou a ser utilizada na atualidade para expandir os sabores e aroma dos ingredientes. O método é aplicado não somente às carnes e frutos do mar, mas também aos queijos, legumes, frutas e até mesmo às bebidas.

A fabricação artesanal, além de remeter ao passado (nostalgia do rural) e mobilizar lembranças afetivas, torna seus produtos mais saudáveis.

Tendências

Veja também

Cozinha Natural, Orgânica e Saudável

A atenção à saúde tem ampliado também o gosto por preparações com ingredientes funcionais, com propriedades benéficas e que dão energia ao corpo, como os chás, óleos vegetais, cereais integrais, hortaliças com talos,

Cozinha Sustentável ou Ecogastronomia

As práticas sustentáveis que defendem incluem o maior uso possível de ingredientes obtidos localmente, frescos, orgânicos e da estação, sem risco de extinção, bem como o uso de energia renovável para o preparo

Classifique esse conteúdo!
[Total: 0 Média: 0]